SSP Superfosfato simples

Superfosfato simples (SSP)

O superfosfato simples, também conhecido como super simples ou SSP, é um composto químico cuja fórmula é Ca(H2PO4)2 + CaSO4.2H2O. Geralmente, ele é obtido a partir do tratamento de rochas do grupo dos fosfatos naturais, como a apatita e a fosforita, com ácido sulfúrico.

O resultado das reações químicas desse tratamento é um fertilizante com cerca de 20% de fósforo (sob a forma de P2O5), 20% de cálcio e 12% de enxofre. Esses três elementos são muito importantes para o ciclo de vida das plantas.

O fósforo, por exemplo, é um dos macronutrientes primários. Ele está envolvido nos processos de transferência de energia das células, estando presente em substâncias como a glicose, a frutose e a adenosina trifosfato (ATP). Ele ainda é um dos componentes dos nucleotídeos, os “blocos construtores” do DNA e do RNA celular.

O cálcio, por sua vez, é um macronutriente secundário e é um componente das paredes celulares. Ele atua também na polinização, participando da germinação do grão de pólen e do crescimento do tubo polínico, além de participar da ativação de enzimas importantes para o metabolismo vegetal. A sua presença no solo ainda ajuda a reduzir a toxidez de elementos como o alumínio.

Já o enxofre também é um macronutriente secundário, ligado primariamente a funções de metabólicas das plantas, uma vez que ele participa ativamente da formação de moléculas orgânicas como aminoácidos, proteínas e enzimas que estão envolvidas no ciclo de vida vegetal.

Por causa dessa importância do fósforo, do cálcio e do enxofre, eles são, de maneira geral, consumidos em grandes quantidades pelas plantas. Isso faz com que haja a necessidade de reposição deles no solo.

Assim, o uso do super simples como fertilizante traz a o benefício de oferecer ao agricultor um único insumo que tem os três nutrientes. Além disso, as formas como o fósforo, o cálcio e o enxofre são encontrados no SSP estão prontamente disponíveis para o consumo das plantas.

Entrar em contato

commodity-08.png